quarta-feira, 13 de maio de 2015

Em tempos de Crise, como iremos nos virar?





Estava com  a minha esposa no Supermercado Semar, em Guaratinguetá - SP, no dia 13/05/15, comecei a verificar os preços dos produtos e me veio o seguinte pensamento: "como sobreviria se eu ganhasse um salário mínimo R$ 788,00 ou R$ 1.052,00 dentro dá média nacional?" 

Diante deste pensamento fiz uma pequena lista de compras semanal para uma família de 04 pessoas (enxugando o máximo possível) e comparei a porcentagem de cada item em cima do salário mínimo e na média nacional, reforço que esta lista são na grande maioria produtos de preço mais baixos, segue abaixo comparação:

Salário Mínimo (SM) R$ 788,00    
Renda Média Nacional (RMN) R$ 1.052,00    
       
Produtos Preço  % SM % RMN
Tomate 1 kg R$ 7,58 0,96% 0,72%
Batata 1 kg R$ 3,18 0,40% 0,30%
Cenoura 1 kg R$ 4,89 0,62% 0,46%
Cebola 1kg R$ 5,58 0,71% 0,53%
Ovos 1 dz R$ 4,28 0,54% 0,41%
Contra Filé 1 kg R$ 26,23 3,33% 2,49%
Filé de Peito de Frango 1 kg R$ 12,48 1,58% 1,19%
Margarina 500 gr R$ 5,98 0,76% 0,57%
Leite 1 L R$ 2,49 0,32% 0,24%
Açúcar 1 kg R$ 1,49 0,19% 0,14%
Farinha de Trigo 1 kg R$ 3,15 0,40% 0,30%
Feijão 1 kg R$ 4,98 0,63% 0,47%
Arroz 1 Kg R$ 2,50 0,32% 0,24%
Óleo 900 ml R$ 3,08 0,39% 0,29%
Fubá 500 gr R$ 2,09 0,27% 0,20%
Café 500 gr R$ 4,98 0,63% 0,47%
Sabão em Pó R$ 4,39 0,56% 0,42%
Desifetante 500 ml R$ 2,67 0,34% 0,25%
Amaciante 2 L R$ 5,08 0,64% 0,48%
Papel Higiênico (04 rolos) R$ 2,78 0,35% 0,26%
Escova de Dente R$ 3,48 0,44% 0,33%
Fio Dental (50 m) R$ 5,28 0,67% 0,50%
Pasta de Dente 90 gr R$ 2,00 0,25% 0,19%
Sabonete 90 gr R$ 1,20 0,15% 0,11%
Shampoo 350 ml R$ 3,98 0,51% 0,38%
Condicionador 350 ml R$ 4,98 0,63% 0,47%
Macarrão 500 gr R$ 2,18 0,28% 0,21%
Desodorante 90 ml R$ 2,89 0,37% 0,27%
Valor Total R$ 135,87 17,24% 12,92%

Portanto se for realizar uma compra mensal chegará a um valor de R$ 543,38 (68,97 % do salário mínimo e 51,66 % da média nacional).

Em face a estes números como vou conseguir manter os demais itens básicos de sobrevivência: saúde, moradia e educação?

Sabemos que o nosso país é rico, de acordo o IBGE o último PIB (2014) foi de 5,52 trilhões de reais, e per capita por pessoa de R$ 27.230,00 (anual), porém de acordo com o IBGE a grande maioria da nossa população em torno 72% tem renda mensal até R$ 7.000,00, com renda até R$ 1.000,00 são 37,52%.

Os números acima retratam o que todo munda sabe, a riqueza está na mãos de poucos.

Porém a grande maioria que ganha pouco (me incluo nisso), ficamos na inércia e nos acomodamos e assistimos os nossos direitos trabalhistas irem embora (haja a vista a lei da terceirização).

Não lutamos para a manutenção dos empregos e salários dignos, com a crise cada vez mais o desemprego aumenta e nosso quadro social tende a piorar.

Sou favorável em isentar a carga tributária nos alimentos e encargos trabalhistas,  criar mecanismos para manutenção dos empregos através de incentivos fiscais para as empresas que possuem mais funcionários, quanto mais funcionários com tempo de serviço   na empresa maior o incentivo fiscal, reduzir os gastos dos nossos políticos e bem como os seus salários e aposentadorias.

Diante do fato, caro leitor, o que você propõe para mudarmos a nossa realidade atual?