quinta-feira, 18 de setembro de 2014



A Marginalização da Mente Humana terá como consequência a sua extinção?



O que está acontecendo com a mente humana? Vivemos em época de consumo elevado, individualismo alienado, conceitos exagerados de físico e beleza e outros conceitos que nos levam a uma escravidão, com isto vivemos uma marginalização do ser humano e consequentemente a autodestruição humana e o seu meio de existência (Gaia ou planeta Terra).

Ao passar dos meus quase 40 anos, vejo e percebo uma acelerada depreciação das pessoas, estamos perdendo os valores como: o respeito para o próximo, a educação individual e coletiva, o conhecimento intelectual, a importância do trabalho para a sociedade, a importância da natureza para a própria sobrevivência e por aí vai...

Em face as (impostas tendências) atuais citadas acima, as pessoas estão perdendo a sua principal característica que é a liberdade, liberdade esta em todas as esferas (intelectual, social, individual e profissional).

Nesta escravidão estamos indo num caminho sem volta, descartamos as pessoas como se fossem produtos, abaixo classifico de uma forma reduzida:

Idosos: Nos  noticiários eles sofrem maus tratos (em alguns casos pela própria família), vivem deslocados e esquecidos no próprio lar e em asilos longe do convívio familiar e social. Esquecemos a importância de sua experiência de vida, os conhecimentos que poderíamos aproveitar dos seus ensinamentos e conselhos.

Idade acima dos 40: Muitas empresas estão se fechando para contratações de profissionais a partir desta idade, pois devido ao conhecimento de anos se tornam caros e difícil de serem manipulados, preferindo pessoas mais novas com salários menores e sem bagagem, facilitando a manipulação de caráter profissional, haja vista como sofremos os abusos das empresas, vide o grande número de ações e reclamações por má prestação de serviço, atendimento e etc. 

Pessoas fora do padrão de beleza: As que não se enquadram no "padrão de beleza" sofrem preconceitos e consequentemente muitos acabam sofrendo de depressão e distúrbios psicológicos devido a rejeição.

Em face a este breve resumo de classificação  além de nos afastarmos e marginalizamos, sofremos outro impacto negativo: a consciência humana vai se marginalizando perdendo a sua essência de interagir dentro de uma forma responsável e sustentável.

Estamos vendo a destruição de povos, através de guerras, violências, da falta de serviços (saúde, segurança e educação). 

Aqui no Brasil estamos assistindo de primeira fila a destruição da nossa natureza, devido ao consumo alienado, as riquezas naturais estão se esgotando e não estão se renovando, um exemplo atual é a seca que está gerando falta de água nos reservatórios  em SP, já calcularam que o sistema Cantareira chegará ao nível zero em 27/10/14, de acordo noticiário da imprensa os especialistas ambientais afirmam que é motivo desta seca é a falta de chuva, falta de chuva esta devido ao desmatamento irresponsável da floresta na Amazônia, isso mesmo! O desmatamento na floresta Amazônica esta interferindo no tempo com a falta de chuva segue link da reportagem : http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/08/falta-dagua-em-cidades-tem-ver-com-devastacao-desenfreada-da-amazonia.html, com isto, os rios estão secando, todo um sistema de biodiversidade estão morrendo, a agricultura está sofrendo queda na produção, principalmente a sucroalcooleira, não vai demorar muito vai interferir na energia, na pecuária além do consumo de água.

Devido a nossa alienação não se demos conta que estamos integrados e conectados com tudo (natureza) e todos (pessoas=sociedade responsável).

Ao meu entender vai ser difícil e lento mudar este cenário, mas temos que começar com uma nova sociedade, ou seja, cada um dentro da sua possibilidade e capacidade trabalhar pro bem comum, uma sociedade mais participativa e responsável nos nossos destinos.

E para você leitor? O que deve ser feito?